EGITO TEMPOS ANTIGOS

EGITO NOS TEMPOS ANTIGOS

POVO E CULTURA

 

Este página é dedicada os tempos antigos no Egito, o povo, cidades, construções e modo de vida. 

Época onde existia uma beleza na simplicidade, tudo era pouco mais o pouco tinha uma felicidade grande dentro do ser humano, uma pureza, hoje em dia com todo avanço e modernidade que temos, difícil encontrar a paz interior, a satisfação pelo que temos, em muitas ligares, países, até destruímos o que temos sabendo que isso não tem valor algum, a facilidade de enxergar o mundo faz do ser humano acaba olhando fora e compara e nunca satisfeito. 

Vamos através de registros voltar o passado, sentir a paz, a felicidade nas pequenas coisas. 

CAIRO ANTIGO EM 1910


Cairo capital do Egito na década de 1910, a tranquilidade e a beleza encantada que é referencia da cidade, desde suas construções antigas e também após da ser projetada pelo Khidewi Ismail pelos arquitetos francês. 

Cairo é cidade da arte, da história, além da beleza das suas construções, o eterno Rio Nilo que símbolo da vida desde os antigos egípcios, caminhar no Kurnish Al Nil a beira do rio a noite é tem sua magia, encanto e uma energia que envolve a historia e sentimentos também.

neste década tudo era luxuoso, carros, roupas andar do metro aquele na foto, caminhar e ir trabalhar vestido de gala, terno gravata e tarbush na cabeça. 
A história fica.

    

RIO NILO - MANIAL AL RODA - CAIRO


Rio Nilo, bairro "Mainal El Roda em 1964. 
após a cheia do rio tem o consume de medir volume de água, o mediador foi construído pelo El Khidewi Abassi.
nos tempos antigos a cheia do rio causava muitos estragos especialmente nas cidades que localização próxima ao rio.

   

AL TAHTIB


    A prática do Tahtib vem desde os antigos egípcios, era forma de treinar os soldados do Faraó, desde então a sua presença permanece entre o povo do sul do Egito, região conhecida como Al Said.
     O Tahtib se considera folclore egípcio, e acaba sendo reconhecido como patrimônio cultural pelo UNESCO.
Além de ser folclore o tahtib também se tornou um esporte praticado e existecampeonatos do tahtib.

Khaled Emam
  

Mulher da região delta no Egito em 1947




A beleza natural das mulheres na região Fallaheen nos tempos onde tudo era puro até a beleza.

Costumamos dizer ou comparar como elogio as mulheres que tem uma beleza natural, rosto sereno, sorriso que reflete a alma bem simples com sua pureza de uma frase " Zay El Qamar" ou como a lua, referenciado a beleza de uma lua cheia.
As vezes tambem chamamos como " Badra" a palavra vem da palavra Bdr ou quando a lua nasce.

Costumamos aqui conhecer o povo do interior de ima forma o que vimos nas apresentações artística ou fotos na internet, até mesmo a história do povo, procuramos na direção que nos interessa, achar qualquer imagem que atende a minha busca, e esquecemos o diferente, enquanto no diferente existe a verdadeira essência.
Simples mas vale uma Monalisa.

O que por traz este sorriso que completa Al Qmar.
Bent El Balad nesta expressão a filha do interior , o interior chamado de Balad, Berço ou Raiz, onde vive o povo do interios independente da sua cidade ou munícipio.
Digamos eu que nasci cairo mas meus avós ou bisavós moram no interior, wuando vou pra la digo, Ana Raih El Balad ou estou indo o interior.

Nestes lugares e este povo que vem a tradução, os festejos simples mas eles tambem são.
Isso não tem nada a ver com mulher baladi ou o baladi na dança, mas com certeza eles tem seus festejos e suas danças também. 

O tempos antigamente e quantas Monalisa.
Egito 1947.

Khaled Emam


COLETA DE ALGODÃO 

COLETA DE ALGODÃO

Além deste sorriso belo nos rostos, uma menina e um rapaz da região delta no Egito, momento de coleta do nosso ouro branco, ou petróleo branco do Egito.
A produção do algodão considerada a segunda mais economia no Egito após de turismo.
o algodão egípcio é dos mais puro e mais caro algodão do mundo.

Na safira da coleta existe uma comemoração especial, uma festa que uni toda região, canto, musica, dança, isso no folclore se considera como estação (época) que também é um dos elementos do folclore egípcio. 

Um retrato que fala por si mesma.
Khaled Emam 



UMA PROFISSÃO ANTIGA 


Na minha infância cheguei presenciar este profissão, este trabalhador que andava carregando nos ombros sua maquininha feita de madeira e um pedal, e um disco.
Passava em rua rua anunciando, Afinador de facas e Tesouras, e parava e a quem precisava levava suas facas de cozinha e as tesouras e ele afinava com sua exótica maquininha feita a mão.


VENDEDR DO KARKADEH E 3EROUSSUSS



Uma personagem que tem presença nas ruas do Cairo, me lembro o tempo independente da idade mas, quando ouvimos a batida do Sagatt, Snije grande, sabemos que ele esta passando, se vestia exatamente deste forma, mesmo que a foto bem antiga desde os 1940, mas em nossa época também era assim.

normalmente passava na estação de verão, as ervas as vezes Karkadeh (conhece mais na pagina costumes e traduções egípcias) ou outra era que é 3erousos, seja uma e outra são ervas que tem bom gosto e sempre bem gelada.
o mais interessante é o jeito que quando ela ia encher o copo, uma habilidade, e do lado da sua roupa existe uma garrafa com água, ele lava o copo antes, os copos estão nesta cinturão que ele usa. Este imagem foi tirada no centro do Cairo. 



BAIRRO AL GHUREYA - CAIRO 



Rua Al  Ghureya situado no bairro Al Gamaleya no Cairo, foi construído  na era Egito Islâmico por sultão Al Ghury, um doa bairros mais antigos no Cairo, perto da mesquita Al Azhar, mesquita Al Houssein e bazar Khan Al Khalili, foi conhecido em sua época pelas lojas de costura.
O bairro se considera histórico e ponto turístico por suas construções antigas, conhecido pelo comercio desde sua história. 

Observação, este pintura foi feita pelo artista plastico francês "Louis Emile De Grandchamp (1831 - 1894).  




REGIÃO SUL DO EGITO 1900


No interior do Egito, exatamente na região sul do, cidade de luxor existia feira para a venda de tudo tipo de "Ballas" ou Jarro, na época as mulheres da região sul (Said) se vestia deste forma, roupas pretas e Shall pretona cabeça, era costume e durou bastante tempo este modo de vida. 


MERCADO DE MELANCIA 



    Continuamos com interior do Egito, e uma das feiras digamos especializadas em frutas, era a feira diária de melancia, algumas compram para suas casas e outros compram quantidade grande e coloca em seu carrinho de madeira com rodas de madeira também, e puxada por burro e passava pelos bairros vendia suas melancias, e isso existia antigamente até mesmo no Cairo que é capital do Egito.  



EL MASHRABEIA 


Este tipo de construção começou a ser construída na época do Egito islâmico, na década de 1800, o trabalho da fachada de cada apartamento era feito de madeira bem trabalhada com janelas pequenas e toda de madeira.

este tipo de janelas e varandas se chama de "Mashrabeia". Existe em muitos bairros antigos no Cairo e era usada por moradores até 1900 a 1930 após se tornou construção história no Egito.  


PÃO SHAMSY



Imos para o sul do Egito, região Al Said, este imagem é comum nos tempos antigos e existe em certas cidades até hoje em dia.
As mulheres faziam em suas casas um tipo de pão com farinha e grosso e deixada no Sol até até assar, existe também igual mas feito no forno da lenha, e isso que é consumido diariamente em suas casas.
"Aish Shams" ou pão do sol, ele tem duração mais, pode ser consumido até uma semana não estraga por que o recheio de massa é muita.
alguns faz com que este trabalho seja uma forma de sustento, ficam na estrada para quem esta passando e vendendo seus produtos. 


LAMBAH GAZ - O LAMPIÃO 



Nos tempos antigos em especial no interior do Egito, antes da eletricidade chegar as cidades, o meio de ter luz em sua casa era através deste lampião.
me lembro na minha infância quando viajamos para nossa cidade do interior a maior parte da cidade era assim.
quantos médicos, engenheiros, professores etc, se formaram estudando exatamente dessa forma, com o lampião. 


EGITO NOS ANOS 1800


 
Este construções faz parte da época do Egito Al Abbassy e Al Fatemy, especialmente na cidade do Cairo, existe até hoje alguns bairros históricos no Egito que se encontra preservada ainda a construção antiga. 



       Egito 1900
      

Praça Al Atabah - Cairo


Cairo nas décadas de 1900, Praça Al Atabah fica no centro do Cairo, praticamente é o ponto principal que leva você para todos os bairros e ruas mais antigas e históricas do Cairo, como rua Al Mosky, Khan Al Khalili, Al Azhar, Al Houssein, famosa rua Mohamed Ali, Al Ghureia e por outro lado rua Emad El Din e vários importantes do centro.   



Al Rif Al Masry - Interior do Egito 


Interior do Egito região Fallaheen em 1890, a imagem parece uma tela pintada por grande artista que reflete a simplicidade e a vida simples naquela época, ruas de terra, as tamareiras que dão sobras e aliviam o calor, as casas feitas de folhas e terra, simplesmente é nossa história.  

Khaled Emam


A ESCOLA - 1900



Olhando assim a imagem dá para perceber o quanto a escola tinha seu respeito, começando com a preparação do aluno para ir a escola, tem que colocar a jaqueta em cima de galabeya e o tarbush na cabeça, ficar em fila esperando a permissão do professor para entrar.
fico imaginando estes crianças, quantos deles se tornou médico, escritor, professor e deixou seu nome registrado na história.

Khaled Emam